Telefones para Contato
JARAGUá DO SUL (47) 3275-1100 (47) 99921-5515
2 Fale Conosco
Spaço Imóveis

Últimos Artigos » Energia solar: É viável a implantação em condomínios?

Publicado na Quinta, 16 de janeiro de 2020, 14h37
Energia solar: É viável a implantação em condomínios?

A implantação de sistemas de energia solar tem crescido constantemente no Brasil, mas será que é viável a implantação em condomínios? Essa é a dúvida mais comum entre quem deseja aderir a essa fonte de energia renovável, apesar de não haver dúvidas que é uma ótima opção, o custo-benefício é o fator que desencadeia as maiores dúvidas.

 

Energia solar em condomínios

Dentre as alternativas de energia renovável, a energia solar é a que mais recebe investimento e é desenvolvida a cada ano no país. Mais de 180 milhões de painéis solares foram instalados ao redor do mundo nos anos de 2014 e 2015, incluindo os países em desenvolvimento.

A energia envolve uma técnica de nebulização de carbono e vem de uma fonte inesgotável, o sol. Ela é acessível, pois diversos bancos oferecem o financiamento da instalação dos painéis fotovoltaicos, além de oferecer um ótimo custo benefício.

A energia solar para condomínios também tem sido adotada e está se tornando ainda mais comum, após a resolução 482/2012 da Aneel (Agência Nacional Energia Elétrica) sobre energia renovável distribuída.

Os proprietários de residências ou condomínios podem gerar sua energia elétrica a partir das fontes renováveis ou do método de cogeração qualificada, podendo ainda obter o crédito pela energia produzida em excesso, conhecida como minigeração (produção superior a 75 kw).

Com a instalação dos painéis e produção de energia, é possível diminuir as despesas com a conta de luz em até 90%, já que a fonte renovável proporciona independência energética. Além da produção de energia limpa, as placas fotovoltaicas podem aquecer água e diminuem os impactos ao meio ambiente.

Atualmente, é possível tornar os condomínios mais sustentáveis, através da instalação dos painéis solares por meio de geração compartilhada, de acordo com a resolução 687/2015 Aneel.

Como funciona a geração de energia compartilhada em condomínios?

A geração de energia solar compartilhada em condomínios é realizada através de múltiplas unidades consumidoras. A energia que é gerada, através desse método é compartilhada entre as áreas comuns e os apartamentos.

Os telhados de cada casa nos condomínios é o local mais indicado para instalação dos painéis solares, pois recebe maior radiação do sol. No entanto, se o local de instalação for pequeno, deverá ser instalado na área externa, ou seja, áreas comuns do condomínio. Há ainda opção de realizar a instalação na fachada dos prédios.

O tamanho do espaço em que os painéis são instalados interfere na geração de energia solar, mas mesmo que o local seja pequeno é possível reduzir consideravelmente os custos com a conta de luz mensal.

 

No Nordeste e Sudeste do país, alguns condomínios já instalaram painéis solares fotovoltaicos. A energia que é produzida no lote é direcionada para rede de distribuição e depois é compartilhada. Mas, os créditos oferecidos pela Aneel só podem ser utilizados no mesmo local de concessão.

Busca de Artigos